País

Cinco anos do Acordo de Paris. Ministro do Ambiente diz que "há muito por fazer"

O secretário-geral das Nações Unidas pediu a todos os líderes mundiais que declarem estado de emergência nos seus países.

O Acordo de Paris para as alterações climáticas foi assinado há cinco anos. O ministro do Ambiente esteve na SIC Notícias para assinalar a data.

João Pedro Matos Fernandes lembrou que apesar das conquistas, há ainda muito por fazer no campo das alterações climáticas.

Guterres pede aos líderes mundiais que declarem estado de emergência climática

O secretário-geral das Nações Unidas pediu hoje a todos os líderes mundiais que declarem estado de emergência nos seus países até que consigam atingir a neutralidade carbónica.

Falando na abertura da Cimeira da Ambição Climática, organizada em parceria pela ONU, Reino Unido, França e Itália, António Guterres reiterou que o mundo "ainda não está a ir na direção certa" para travar as alterações climáticas e que poderá estar a caminho de "um aumento de temperatura catastrófico de mais de três graus neste século".

"Apelo a todos os líderes mundiais para declararem estado de emergência climática nos seus países até que se atinja a neutralidade nas emissões de dióxido de carbono. Já houve 38 países que o fizeram. Imploro a todos os outros que os sigam", declarou o português, falando numa ligação vídeo a partir da sede da organização, em Nova Iorque.