País

"Chapadas e bofetadas". O testemunho do cidadão ucraniano agredido por agentes da PSP

Valery Polosenko ficou com dois dentes partidos e lesões no tórax e nos braços. 

Há mais um caso de agressão a um cidadão ucraniano, desta vez em Vila do Conde. Dois agentes da PSP terão maltratado um homem de 48 anos que ficou com dois dentes partidos e ferimentos no tórax e nos braços.

A polícia diz que Valery Polosenko estava a conduzir alcoolizado e com as luzes desligadas. Mas o homem de 48 anos diz que estava parado quando foi abordado pelas autoridades.

O Ministério da Administração Interna vai acompanhar o inquérito que foi aberto pelo Comando Metropolitano do Porto.

À SIC, Valery Polosenko conta os episódios do passado dia 6 de dezembro.

  • 3:20