País

Salvamento no Tejo: "Fazia tudo de novo para salvar uma vida" 

José Luís atirou-se ao rio Tejo para salvar um homem de 68 anos.  

Um homem salvou um idoso de morrer afogado no rio Tejo, junto ao Terreiro do Paço, em Lisboa, este sábado.

A vítima já estava em paragem cardiorrespiratória, mas foi salva graças a um ato de coragem já elogiado pelo Presidente da República.

"Ao tomar conhecimento do salvamento da pessoa que caiu esta manhã nas águas do Tejo, junto ao cais das colunas, o Presidente da República enalteceu o bom exemplo de solidariedade humana e de coragem demonstrado por José Brito, que enquanto passeava com o seu filho salvou uma vida humana", refere uma nota publicada na página oficial da Presidência da República.

De acordo com o texto publicado na página da Presidência, a ação do homem que se atirou ao rio numa ação de socorro "certamente marcará os que assistiram, no local, ao salvamento, como todos os que dele tiveram conhecimento".

"O exemplo de José Brito deve ser distinguido pela coragem e pela vontade de ajudar o próximo", defendeu Marcelo Rebelo de Sousa.