País

Quebras que podem ir até aos 50% no comércio local em Aveiro

Eurico Bastos

Eurico Bastos

Repórter de Imagem

Comerciantes destacam a ausência de turistas espanhóis e de clientes mais idosos.

No centro de Aveiro, os comerciantes dizem que há casos em que o negócio caiu para metade, com perdas de 20 a 50%.

Os comerciantes dizem que as restrições por causa da covid-19 agravaram as perdas. Faltam sobretudo os turistas e os clientes mais velhos.

A maior quebra sente-se desde outubro, quando começaram as restrições de horários de funcionamento do comércio e os limites na circulação ao fim de semana. O negócio vai-se aguentando com algumas pequenas ajudas.

O movimento tem sido fraco, até ao fim de semana, nestes dias que antecedem o Natal.

  • 6:56