País

Presidente da Junta de Mondrões, em Vila Real, assistido no hospital depois de ter sido agredido

ESTELA SILVA/LUSA

Presidente da Câmara de Vila Real explicou à Lusa que Félix Touças foi alegadamente agredido quando estava em "atendimento normal" naquela junta de freguesia.

O presidente da Junta de Freguesia de Mondrões, em Vila Real, queixou-se de ter sido hoje agredido na sede daquela autarquia, tendo sido assistido no hospital e o alegado agressor identificado, segundo fontes autárquicas e da GNR.

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, disse à agência Lusa que o autarca de Mondrões, Félix Touças, de 49 anos e eleito pelo PS, foi alegadamente agredido quando estava em "atendimento normal" naquela junta de freguesia.

"Surgiu lá um freguês que terá uma desavença com a junta por causa de uns baldios, pediu uma ata e o presidente da junta disse que dava a ata, mas que ele teria que pedir por escrito e passou para a agressão", contou o autarca, descrevendo o relato que lhe foi feito pela vítima.

Rui Santos referiu que Félix Touças foi assistido numa unidade hospitalar de Vila Real, apresentando hematomas na perna e no braço, e acrescentou que foram também vários os estragos na junta, nomeadamente a nível de computadores partidos.

O presidente da câmara socialista lembrou que a agressão a um autarca é um "crime público" e disse que a GNR tomou conta da ocorrência.

Contactada pela Lusa, fonte da GNR de Vila Real confirmou ter recebido uma queixa por parte do presidente da junta, pelas 20:30, e que identificou o agressor indicado pelo autarca e que vai remeter o auto de notícia para o tribunal.

  • 1:16