País

Parlamento Europeu discute nomeação de José Guerra na próxima semana

Eurodeputados falam em falta de transparência.

O Parlamento Europeu vai debater a polémica da nomeação do procurador José Guerra na próxima semana. A decisão foi tomada apesar das explicações que António Costa enviou ao grupo dos liberais.

A nomeação de José Guerra está na agenda da primeira sessão plenária do ano. A polémica é o último ponto de debate na próxima quarta-feira. Os eurodeputados querem ouvir a presidência portuguesa sobre a eventual falta de transparência nas nomeações para a procuradoria europeia.

O assunto é discutido no mesmo dia em que o Parlamento Europeu espera a visita de António Costa. O assunto incómodo é discutido à tarde e de manhã cedo o primeiro-ministro apresenta as prioridades da presidência.

O grupo dos liberais tinha ameaçado levar a questão ao hemiciclo na carta que enviou a António Costa na segunda-feira a pedir-lhe mais esclarecimentos. A resposta já chegou a Bruxelas. Na missiva a que a SIC teve acesso o primeiro-ministro dirige-se ao líder da bancada parlamentar para explicar como funciona o Ministério Público e o seu conselho superior.

Argumenta que não houve interferência política na escolha de Guerra para procurador europeu, mas sim respeito pela seleção que foi feita em Portugal para o cargo.

As explicações não convencem e o assunto segue para plenário.

Na carta, Costa confirma ainda que 27 Estados-membros vão também olhar para a questão num dos grupos de trabalho do Conselho da União Europeia.