País

Banco Alimentar a lutar contra a fome há 30 anos

Em 1991 tinha 250 voluntários, hoje tem 42 mil.

O Banco Alimentar Contra a Fome faz este sábado 30 anos. Sem recolhas físicas nos supermercados por causa da pandemia, a missão de sempre continua a ser cumprida: combater a fome levando alimentos a quem mais precisa.

Os 30 anos trazem com eles o período mais exigente de sempre. A pandemia mostrou que há mais fragilidade entre os portugueses. Dos armazéns saem, em média, quatro toneladas de alimentos por dia destinadas às mais de duas mil instituições que prestam apoio a quem mais precisa.

Em tempos desafiantes e sem a ajuda das recolhas físicas, a missão de todos é ainda mais importante e continua a ser a mesma: ajudar.