País

Proprietário do restaurante que ardeu na ilha Deserta fala em prejuízo de 1 M€

As causas do incêndio ainda estão por apurar.

O incêndio que começou ontem à noite na ilha Deserta, no Algarve, e que destruiu o único restaurante que existia no local, ficou extinto às 03:30 desta madrugada.

À hora do incêndio não havia ninguém no local e as autoridades ainda não sabem o que esteve na origem do fogo. Foram registadas várias explosões, que poderão ter sido causadas pelas botijas de gás presentes na cozinha do restaurante.

O dono do estabelecimento diz que os prejuízos são elevados. José Vargas fala em um milhão de euros.

No local estiveram 11 elementos da Polícia Marítima e dos Bombeiros Sapadores de Faro.