País

Jerónimo de Sousa: "BE pensou mais vezes no poder do que na matéria"

Secretário-geral do PCP diz que o partido adotou uma posição de combate ao Governo quando foi necessário.

Jerónimo de Sousa acusa o Bloco de Esquerda de pensar mais no poder do que nos avanços alcançados na legislação laboral.

Em entrevista à TSF e ao Diário de Notícias, o secretário-geral do PCP explica que os comunistas estiveram muitas vezes sozinhos e que o partido adotou uma posição de combate ao Governo quando foi necessário.