País

PJ deteta 4 milhões de doses de cocaína transportadas em garrafas de sumo de uva

Um homem foi detido.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem por suspeitas de tráfico de cocaína, que transportava em garrafas de sumo de uva oriundas de um país latino, tendo intercetado mais de quatro milhões de doses individuais.

A Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ em colaboração com a Autoridade Tributária e Aduaneira levaram a cabo uma investigação depois de terem identificado "uma importação de cerca de vinte mil garrafas de sumo de uva, com origem num país da América Latina, suspeitando-se que em parte delas viesse diluída cocaína", avança esta segunda-feira a PJ em comunicado.

Após a realização de exames periciais, pelo Laboratório de Polícia Científica, foi detetada a presença de cocaína diluída em 915 garrafas que, "caso chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição, seria suficiente para a composição de pelo menos 4.524.000 (quatro milhões quinhentas e vinte e quatro mil) doses individuais", segundo a PJ.

Um homem, com 45 anos de idade, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A PJ refere ainda que a investigação, da operação intitulada "Grape Juice", prossegue.

  • 2:33