País

Estafetas queixam-se de roubos e emboscadas 

Relatos repetem-se no Grande Porto.  

Os estafetas que fazem entregas ao domicílio denunciam que as agressões e assaltos têm vindo a aumentar.

Contactada pela SIC, a PSP adianta que não dispõe de informação estatística concreta que permita perceber se tem ou não aumentado o número de roubos ou de tentativas de assalto a estafetas. Ainda assim, no Porto, repetem-se os relatos de insegurança ao fazer entregas ao domicílio.

Os estafetas queixam-se ainda de falta de apoio das respetivas empresas.

As plataformas rejeitam estas críticas. À SIC, a Uber Eats salienta que a segurança é uma prioridade máxima, que a aplicação tem uma série de funcionalidades nessa área e que os estafetas dispõem de um seguro.

Quanto à Glovo, não respondeu ao pedido de esclarecimento, mas tinha já assumido uma posição semelhante em declarações ao Jornal de Notícias.