País

Ihor Homeniuk. Inspetores do SEF podem ser condenados por ofensa grave à integridade física

Até aqui existiam duas hipóteses: os inspetores do SEF ou eram absolvidos ou condenados por homicídio qualificado pela morte de Ihor Homeniuk. Esta quarta-feira o coletivo de juízes veio acrescentar um terceiro cenário.

Realizou-se esta quarta-feira mais uma sessão do julgamento do caso de Ihor Homeniuk, o ucraniano encontrado morto nas instalações do Serviço de Estangeiros e Fronterias (SEF).

O coletivo de juízes, que julga três inspetores do SEF pela morte do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk, anunciou que pondera alterar a acusação de homicídio qualificado para ofensa grave à integridade física agravada pelo resultado (morte).

Para a família da vítima, o importante é que haja uma condenação.

Na próxima semana deverá ser ouvida uma perita médica, contratada pelas defesas, para contestar o relatório da autópsia, uma das principais provas da acusação.

O julgamento está na reta final e a decorrer de forma rápida.

  • 16:26