País

Moinhos estão a ganhar nova vida em Penacova. Moleiro ensina segredos do ofício a padeiro

Arménio Pereira é o mestre e João Costa o aprendiz. A dupla de Penacova está a reavivar a arte da moagem nos moinhos de vento.

Em Penacova há moinhos de vento antigos que estão novamente a moer cereais para fazer pão.

Arménio Pereira, o moleiro de 68 anos, conhece todos os segredos da profissão. Desde a engenharia de aproveitar o vento que nem sempre aparece, até à escolha do cereal. E agora partilha saberes ancestrais, de um tempo onde o parco espaço no moinho era dividido com um burro.

Já o aprendiz de moleiro, é no entanto mestre e proprietário de uma padaria que está na família há século e meio.
Já plantava o trigo e agora a ideia foi aprender todo o ciclo artesanal do pão, para que o saber da moagem tradicional não se perdesse.

Este é uma aposta na área educativa e turismo, mas também para proteger um ofício.