País

Fim do SIRESP. Governo pode decretar requisição civil

Contrato do SIRESP acaba em plena época de incêndios

Demitiu-se o presidente do SIRESP. A saída foi conhecida um dia depois de o presidente da Altice ter dito, em entrevista, que o SIRESP vai acabar a 30 de junho.

O contrato do SIRESP, rede usada, por exemplo, pelos bombeiros, INEM e polícias, termina a 30 de junho, em plena época de incêndios. Mas afinal, pode não ser assim. O Governo pode decretar a requisição civil e obrigar a empresa a rede de comunicações a funcionar.

O Governo tem o direito de requisitar bens e trabalhadores afetos ao SIRESP, devendo a requisição terminar quando cessar o motivo que deu origem à requisição, neste caso, até acabar a epóca de incêndios.

A declaração do presidente da Altice lançou um coro de críticas ao Governo, da parte de bombeiros, alguns autarcas e dos partidos.

  • 1:55