País

Entre 2018 e 2019, 27 mulheres morreram na sequência da gravidez

Canva

Dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que a maioria das mortes por gravidez foram de mulheres entre os 25 e os 34 anos.

Entre 2018 e 2019, 27 mulheres morreram na sequência da gravidez.

Estes níveis elevados da taxa de mortalidade materna estão a preocupar a classe médica. Segundo o Jornal de Notícias, só em 2018 morreram 15 mulheres por complicações da gravidez ou parto - a taxa mais elevada dos últimos 30 anos.

Os dados do Instituto Nacional de Estatística revelam que a maioria das mortes por gravidez, em 2018 e 2019, foram de mulheres entre os 25 e os 34 anos.

A gravidez tardia, o aumento de doenças associadas, a gravidez gemelar e também as cesarianas são as razões que habitualmente explicam este aumento da mortalidade materna.

  • 4:18
  • Está a pagar um valor justo pelo seu seguro multirriscos?
    8:25
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    Muitos portugueses podem estar a pagar a mais de seguros multirriscos, sem necessidade. No ano passado, o Contas-Poupança mostrou como podia fazer a conta para saber se estava a pagar o preço justo. Mas era um cálculo complicado. Agora há um simulador que em poucos minutos lhe diz quanto é que a seguradora lhe vai pagar se precisar de reconstruir a sua casa.