País

GNR deteve 356 pesoas esta semana, maioria por condução sob efeito de álcool

Operações levadas a cabo em todo o território nacional, entre os dias 23 e 29 de abril.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 356 pessoas na última semana, a maioria por condução sob efeito de álcool, detetando 9.316 infrações ao código da estrada, de acordo com os dados hoje divulgados.

Em comunicado, a GNR informou que dos 356 detidos "em flagrante delito", 118 foram-no por estarem a conduzir sob o efeito do álcool, 102 por não terem habilitação legal para conduzir e 22 por tráfico de droga.

Os militares, no conjunto de operações levadas a cabo em todo o território nacional, entre os dias 23 e 29 de abril, detiveram ainda 20 pessoas por desobediência, 15 por furto e 11 por posse ilegal de armas e arma proibida.

A GNR apreendeu ainda mais de 42.760 doses de haxixe, mais de 5.922 doses de liamba, 908 doses de MDMA, 58 doses de canábis em óleo, 431 doses de cocaína e oito doses de heroína.

Os militares apreenderam também 17 armas de fogo, 10 armas brancas ou proibidas, 311 munições de diversos calibres, 14 veículos e 41.120 euros em numerário.

No setor do trânsito, foram detetadas 9.316 infrações, destacando-se 2.934 excessos de velocidade, 696 falta de inspeção periódica obrigatória, 410 anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização e 370 situações de uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Foram ainda detetadas 366 infrações por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 329 relacionadas com tacógrafos e 231 por falta de seguro de responsabilidade civil.