País

Abutre que chegou ferido ao centro da Quercus volta à natureza

Centenas de animais selvagens são abatidos ou feridos por ano.

Anualmente, em Portugal, são abatidos a tiro ou feridos centenas de animais selvagens protegidos por lei.

Chegam aos centros de recuperação de fauna selvagem onde são tratados e quando sobrevivem são devolvidos à natureza.

A SIC acompanhou a libertação de um abutre que sobreviveu a 38 bagos de chumbo.

Três meses depois de ter chegado ferido ao Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens da Quercus, o CERAS, em Castelo Branco, está recuperado e pode voltar para a natureza.

Associações pedem o fim do uso do chumbo na caça.