País

Costa compara Rio a um cata-vento. Líder do PSD acusa Costa de hipocrisia de "nível rasteiro"

Presidente da República não comenta.

António Costa comparou o líder social democrata a um cata-vento e acusou-o de atacar a independência do poder judicial e de se deixar contaminar pelo Chega. Já Rui Rio acusa o primeiro-ministro de hipocrisia pelos ataques que dirigiu ao PSD numa entrevista que classifica de "nível rasteiro".

Em entrevista ao Diário de Notícias, JN e TSF, o primeiro-ministro soltou um vendaval de críticas ao líder do PSD.

Sobre a ideia de se entenderem num pacto para a reforma da justiça, diz que fica difícil quando a relação dos sociais democratas é cada vez mais com a extrema-direita.

Rui Rio, no twitter, fala numa entrevista de nível rasteiro, em que António Costa acusa o PSD de atacar a independência do poder judicial.

Sublinha que estas declarações surgem na semana em que o primeiro-ministro foi alvo de críticas pela politização que fez na nomeação do procurador europeu. Indignado, acusa António Costa de hipocrisia.

O Presidente da República não quis comentar.