País

Há três pavilhões de economia circular na Europa. A SIC foi conhecer um deles

Reaproveitam 95% do plástico e transformam-no em novos objetos.

As taxas de reciclagem, em Portugal, estão a aumentar, mas ainda estão longe dos objetivos.

A SIC foi conhecer um dos três únicos pavilhões de Economia Circular que existem na Europa. Reaproveitam 95% do plástico e transformam-no em novos objetos.

O processo dura, em média, uma semana. Por exemplo, os plásticos utilizados para embalar produtos num hipermercado vão ser transformados em sacos do lixo. Depois de recolhidos, estes materiais seguem viagem até Santarém, ao pavilhão de economia circular. É um dos três que existem na Europa.

Descarregadas as cerca de 30 toneladas de plástico, começa a primeira fase de triagem. São separados os vários tipos de plástico. Depois da separação, segue-se a lavagem.

Visivelmente mais brancos, os materiais estão prontos para a terceira e última etapa, a chamada fase da extrusão.

O pavilhão de economia circular abriu portas durante a pandemia, em setembro do ano passado. No total, já foram reaproveitadas mais 1000 toneladas de plástico.