País

Morreu José Festas, defensor das condições de segurança dos pescadores

Câmara Municipal de Vila do Conde

Presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar tinha sofrido um problema de saúde em novembro do ano passado.

José Festas, presidente da Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar (APMSHM), instituição ligada às condições de segurança dos profissionais da pesca, morreu esta segunda-feira, aos 58 anos, vítima de doença, revelou à Lusa fonte da associação.

O pescador e dirigente associativo tinha sofrido um problema de saúde em novembro do ano passado, estando desde então hospitalizando, acabando por não resistir.

José Festas liderava os destinos da APMSHM há quase 14 anos, desde que a instituição foi criada, em 17 de maio de 2007, lutando pela implementação de medidas de proteção no trabalho de armadores, pescadores e outros profissionais ligados à vida do mar.

Popularmente apelidado de 'mestre Festas', o pescador natural de Vila do Conde, viu a associação que liderava ser agraciada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o título honorário da Ordem de Mérito, em 2017, pela defesa das causas dos pescadores.

A nível local, José Festas foi distinguido por duas vezes pelo município de Vila do Conde, com a Medalha de Mérito Singular e depois com a Medalha de Mérito ao Associativismo, tendo a Câmara de Vila do Conde reagido com "profundo pesar" à sua morte e recordando o legado deixado.

"O município enaltece a sua profícua ação em prol de melhores condições e segurança no trabalho de armadores, pescadores e outros profissionais ligados à vida do mar, lutando pela consequente implementação de medidas de segurança concretas junto das entidades competentes. O Executivo Municipal apresenta a toda a família os seus mais sentidos pêsames", pode ler-se numa nota publicada pela autarquia.