País

Professores em protesto contra a precariedade laboral 

Fenprof acusa Ministério da Educação de bloquear soluções.  

Os professores protestaram esta quinta-feira, junto ao Centro Cultural de Belém, em Lisboa, contra a precariedade laboral e para exigir alterações ao regime de concursos.

A manifestação foi convocada pela Fenprof, que diz que o Ministério da Educação recusa negociar.

Durante o mês de maio, haverá um protesto de professores todas as quintas-feiras. O próximo protesto a 13 de maio servirá para alertar para o problema do envelhecimento da classe docente.