País

Resgate na Serra da Estrela 

Filipe Barbosa

Filipe Barbosa

Repórter de Imagem

Um alpinista caiu de uma altura de cerca de 7 metros, quando escalava o Cântaro Magro na Serra da Estrela, concelho de Manteigas. 

O homem com cerca de 50 anos, monitor de alpinismo, praticava escalada clássica na companhia da mulher quando aconteceu o acidente por volta das 14:00.

A vítima, com vários anos de experiência, subia a parede escarpada do Cântaro Magro, uma formação rochosa habitualmente utilizada por profissionais e amadores adeptos de escalada. O alpinista fazia escalada clássica, uma modalidade feita em rocha com recurso a entaladores mecânicos, equipamento necessário, mas acabou por cair cerca de 7 metros num local de difícil acesso.

A operação de resgate obrigou a equipa do grupo de montanha da GNR a escalar cerca de 50 metros para chegar junto à vítima, que se manteve sempre consciente, enquanto os bombeiros definiam a estratégia para retirar o ferido via terrestre.

Dada a dificuldade do local bastante acidentado, a melhor alternativa foi acionar um helicóptero da Força Aérea que, com a ajuda dos meios no terreno, retirou o ferido em segurança.

O alpinista que apresentava várias fraturas num dos membros inferiores foi transferido para um helicóptero do INEM e transportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

A operação de socorro envolveu 56 operacionais. Além da GNR e dos meios aéreos, estiveram no local os bombeiros das corporações de Manteigas, Seia, Loriga, Covilhã e São Romão.