País

Morreu Manuel "Palito", o homicida que fugiu às autoridades durante 34 dias

Segundo o secretário interino do Tribunal, José Eusébio, a medida de  coação aplicada foi a prisão preventiva, tendo Manuel Baltazar sido, de  imediato, levado para o Estabelecimento Prisional de Vila Real.  (Lusa)

NUNO ANDRÉ FERREIRA

Cumpria 25 anos de prisão no Estabelecimento Prisional de Izeda, em Bragança.

Morreu Manuel Baltazar, conhecido como Manuel Palito, o homicida que levou a cabo um dos crimes mais graves que marcaram a história recente do país.

Em 2014, disparou mortalmente sobre duas mulheres e deixou ainda a filha e a ex-mulher em estado muito grave. Esteve depois em fuga às autoridades durante 34 dias.

O homicida ficou conhecido pela mediática fuga onde foram envolvidos centenas de meios da GNR e da Polícia Judiciária na vila de Trevões, em São João da Pesqueira, distrito de Viseu.

Manuel Palito cumpria 25 anos de prisão no Estabelecimento Prisional de Izeda, em Bragança. Tinha 66 anos e morreu no IPO do Porto, vítima de doença prolongada.

  • 1:21