País

Processo de licenciamento de máquinas de radioterapia do Hospital Santa Maria demorou 2 anos

Agência Portuguesa do Ambiente licenciou há dois dias os equipamentos de radioterapia para tratamento de cancros.

Os equipamentos de radioterapia estão no Hospital de Santa Maria há dois anos, mas nunca foram utilizados.

Durante estes dois anos, o processo burocrático esteve quase parado, segundo a Agência Portuguesa do Ambiente, entidade que emite as licenças para que estes dispositivos possam trabalhar. O pedido foi feito pelo Centro Hospitalar Lisboa Norte a 9 de março deste ano, tendo as últimas informações apenas chegado no último dia de maio e a licença atribuída dois dias depois.

A licença foi emitida pela Agência Portuguesa do Ambiente a 2 de junho. Durante este periodo de impasse, os pacientes efetuaram tratamentos de radioterapia em clínicas no exterior e nos equipamentos antigos do hospital. Contactado pela SIC, o Hospital de Santa Maria diz que devido à complexidade do equipamento as etapas de licenciamento são demoradas.

O passo que se segue é colocar as máquinas a trabalhar e dar inicío ao tratamento dos doentes. O equipamento entrará em funcionamento no próximo mês de julho.

  • 1:57