País

Tribunal de menores de Aveiro com problemas de circulação, higiene e segurança

O bastonário dos Advogados pede o encerramento do Tribunal de Família e Menores de Aveiro por falta de condições.

Na passada terça-feira, o bastonário da Ordem dos Advogados, Luís Menezes Leitão, visitou as instalações do Juízo de Família e Menores de Aveiro. Devido a avisos provenientes de advogados da comarca, o intuito da visita foi aferir as condições da infraestrutura.

O edifício projetado em 1918 funciona com problemas graves de circulação, higiene e segurança há cerca de 30 anos.

Em causa, pode estar a segurança física e sanitária de toda a gente que frequenta o Tribunal, incluindo crianças. Para Menezes Leitão a situação é escandalosa.

O bastonário da Ordem dos Advogados defende que o tribunal deve ser transferido com urgência para outro local.

Um pedido para a resolução rápida do problema já tinha sido dirigido à Ministra da Justiça pelo grupo parlamentar do PS mesmo antes desta visita do bastonário e a situação tem sido frequentemente descrita nos relatórios anuais enviados pelo juiz Presidente da Comarca.