País

PJ investiga morte de octogenário e suspeita que tenha sido assassinado

A vítima mortal já tinha sido assaltada por diversas vezes.

Um homem de 80 anos foi encontrado morto, este domingo, em casa, em Faro. As autoridades suspeitam que terá sido assassinado durante um assalto.

Os inspetores da Polícia Judiciária foram chamados mal a GNR se confrontou com um cenário que indiciava homicídio violento. Dentro da casa, entre a cozinha e uma outra divisão, o corpo do homem com perto de 80 anos foi encontrado no chão sobre uma poça de sangue.

O alerta foi dado por um familiar que, de manhã, viu a casa também revirada, com gavetas arrancadas e colchões voltados. Ainda de madrugada, o ladrar dos cães e a luz acesa tinham deixado a vizinhança preocupada.

O homem vivia sozinho e já tinha sofrido vários assaltos e roubos de alfaias agrícolas e de alfarrobas. No exterior da casa encontraram os chinelos da vítima e um pau que indica escaramuça. Quem quer que aqui tenha entrado terá também tentado levar uma pia artesanal.

O caso assusta a vizinhança que recorda a sucessão de roubos a que a vítima tinha sido sujeita.