País

Governo lança concurso internacional para o Metrobus no Porto

Cidade vai ter quatro quilómetros com autocarros de hidrogénio.

O Governo lançou, esta terça-feira de manhã, o concurso internacional para o Metrobus no Porto. A cidade vai ter autocarros movidos a hidrogénio daqui a dois anos. São 4 quilómetros em pleno centro do Porto e exemplo de defesa do ambiente.

Depois de 20 meses de obra, deverá ser possível ver a circular entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império o Metrobus, um sistema silencioso, sem emissões poluentes, de autocarros articulados com 18 metros de comprimento, movidos a hidrogénio, com capacidade para transportar 4.400 pessoas por hora em cada sentido.

A linha BRT Boavista- Império será um trajeto de 4 quilómetros com 8 paragens, 3 delas com a assinatura do arquiteto Álvaro Siza Vieira.

A obra com verba inscrita no Plano de Recuperação e Resiliência vai custar 45 milhões de euros, a que se somam 21 milhões

para a compra de 8 novos autocarros que devem estar operacionais em dezembro de 2023, num projeto que se integra na estratégia de descarbonização.

O concurso foi lançado esta terça-feira sem a presença do ministro do Ambiente, que está em isolamento profilático, depois de um contacto de risco.