País

Portugal com mais uma morte e 2.170 casos de covid-19 em 24 horas

Pedro Nunes / Reuters

Último balanço da Direção-geral da Saúde.

Portugal contabiliza esta terça-feira mais uma morte e 2.170 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17.118 mortes e 892.741 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 38.488 casos, menos 341 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 613 doentes, o mesmo número que ontem.

Nos cuidados intensivos estão 133 doentes, menos 3.

Os dados indicam ainda que mais 2.510 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 837.135 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 64.022 contactos, mais 4.580 relativamente ao dia anterior.

TAXAS DE INCIDÊNCIA E TRANSMISSIBILIDADE

A incidência da infeção com o SARS-CoV-2 em Portugal continental subiu para os 231,0 casos por 100.000 habitantes e na totalidade do território é de 224,6, revelam dados oficiais.

O R(t) - índice que mede o risco de transmissibilidade – está em 1,19 a nível nacional e no continente a 1,20.

Os dados dos indíces R(t) e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Portugal alcançou recorde com 141.500 doses administradas num dia

Portugal alcançou esta segunda-feira um recorde de administração de vacinas contra a covid-19: 141.500 doses inoculadas num só dia.

No mesmo dia foi dado mais um passo para acelerar o ritmo de vacinação, com a abertura do autoagendamento para maiores de 27 anos.

Nos centros de vacinação um pouco por todo o país há longas filas e um elevado tempo de espera.

GOVERNO ESTIMA COMEÇAR VACINAÇÃO DE MENORES DE 18 NO FINAL DE AGOSTO

A Madeira vai começar a vacinar contra a covid-19 alunos a partir dos 12 anos. No continente, a ministra da Saúde diz que, se o plano avançar como previsto, os menores de 18 vão começar a ser vacinados antes de começar o próximo ano letivo.

Portugal deverá alcançar a imunidade de grupo na terceira semana de setembro

Portugal deverá alcançar a imunidade de grupo na terceira semana de setembro, estando atualmente 60% da população vacinada contra a covid-19.

Rui Gaspar, professor que pertence à Task Force criada pelo Governo para ajudar na comunicação com os portugueses sobre a vacinação, diz que a população deve saber dessa previsão, mas que é essencial antecipar outros cenários.

"Estamos a enfrentar uma quarta vaga", avisa o primeiro-ministro

O primeiro-ministro admitiu esta terça-feira que o país está a atravessar uma fase difícil da pandemia. Acrescenta que Portugal está a enfrentar a quarta vaga.

António Costa esteve no Porto, na cerimónio de apresentação da linha Metrobus Boavista-Império, infraestrutura financiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência.

No evento, o primeiro-ministro frisou que o processo de vacinação contra a covid-19 deverá acelerar nas próximas semanas e que o combate à pandemia deve continuar.

Mais de 3,9 milhões de mortos no mundo

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.987.613 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 184.103.170 de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse.

Os países com o maior número de mortos são os Estados Unidos, o Brasil, México, Rússia, a Índia e França.

A covid-19 é uma doença respiratória causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

A grande maioria dos pacientes recupera, mas uma parte evidencia sintomas por várias semanas ou até meses.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global

  • 1:31