País

Motoristas da Rodoviária de Lisboa em greve dizem que ganham cerca de 700 euros

Exigem atualizações salariais.

Os motoristas da Rodoviária de Lisboa estão esta sexta-feira em greve por melhores salários. Queixam-se que ganham pouco mais que o salário mínimo.

Quer estejam há 20 anos na empresa, como é o caso de Joaquim, ou há seis, como Belarmino o salário é praticamente o mesmo. Pouco mais de 700 euros, dizem os motoristas.

Contam que até agora tem havido anualmente ligeiros ajustes nos vencimentos. Por causa da pandemia este ano não vão existir.

Os trabalhadores queixam-se que o salário está cada vez mais perto do ordenado mínimo nacional.

A SIC contactou a empresa, mas não conseguiu esclarecimento.

O sindicato estima que a greve de 24 horas afete cerca de 400 mil passageiros.