País

Fogo na Morais Soares. Uma das vítimas saltou da janela, outra morreu carbonizada no interior

Há ainda três feridos graves e seis ligeiros.

Uma das vítimas mortais do incêndio que deflagrou na noite de sexta-feira num prédio na rua Morais Soares, em Lisboa, terá morrido após saltar da janela do segundo andar do prédio. Segundo as autoridades, a segunda vítima terá morrido carbonizada no interior do edifício.

Há ainda a registar três feridos graves e seis ligeiros, um dos quais bombeiro. Foram todos encaminhados para o hospital, tendo um dos feridos graves um “prognóstico reservado”.

As autoridades desconhecem a origem do fogo, que deflagrou no vão das escadas, tendo alastrado a todos os andares do edifício. O alerta foi dado por volta das 22:50.

No local estão 80 operacionais apoiados por 40 viaturas e, segundo a Proteção Civil, a ocorrência encontra-se já “em conclusão”, tendo o fogo sido controlado cerca da meia-noite.