País

Construção da barragem do Alto Tâmega leva à reposição de ponte de arame

Ponte une duas aldeias e a população pede uma solução para manter a passagem.

A Iberdrola já apresentou alternativas para a reposição de uma ponte de arame. Há muito que a população de Veral e de Monteiros quer saber o futuro da ponte, que liga as duas povoações dos concelhos de Boticas e de Vila Pouca de Aguiar.

Em breve, a passagem vai desaparecer devido à construção da barragem do Alto Tâmega.

Para os presidentes de Câmara, a estrada sobre a barragem é importante para as acessibilidades das localidades próximas. Já para a população de Monteiros e Veral, o que interessa mesmo é construir a passagem que evita que tenham de dar uma volta de 75 quilómetros para manterem a ligação que une as duas aldeias.

A ponte identificada como elemento patrimonial deverá ser recolocada noutro local como atração turística.