País

Jovens de férias vandalizam ruas, casas e carros em Vila Nova de Milfontes

Episódios são relatados há 15 anos. População exige medidas.

Os moradores de Vila Nova de Milfontes queixam-se do rasto de violência e vandalismo deixado por cerca de 500 jovens, menores de idade, que escolhem a vila alentejana como destino de férias.

A GNR local precisou de reforços para conter o problema, que se repete há pelo menos 15 anos, sempre no mês de julho.

A SIC esteve na vila na última madrugada, conversou com os habitantes e registou os comportamentos, que levam a população a exigir medidas.

O que era pra ser uma semana de descanso e divertimento, transformou-se em dor de cabeça para quem escolheu a vila alentejana para aproveitar as férias.

E para quem escolheu a terra para viver, resta-lhes calcular os prejuízos e contar os dias para o mês de julho terminar.