País

Otelo Saraiva de Carvalho conseguiu "de forma genial derrubar a ditadura sem sangue"

Jornalista José Pedro Castanheira na SIC Notícias sobre a morte de Otelo Saraiva de Carvalho.

O jornalista José Pedro Castanheira salienta que Otelo Saraiva de Carvalho foi o "principal autor do Golpe Militar que nos devolveu a liberdade".

Como exemplo, fala da criação de estações privadas como a SIC e a TVI e outros órgãos de comunicação como o Público e a TSF.

"A liberdade em Portugal deve-se aos militares que derrubaram a ditadura e a Otelo Saraiva de Carvalho. Foi ele que conseguiu, juntamente com um número muito grande de capitães e majores, de uma forma genial organizar o plano militar que conseguiu derrubar a mais longa ditadura da Europa na altura sem derramamento de sangue", afirma.

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho

O capitão de Abril Otelo Saraiva de Carvalho morreu, este domingo, aos 84 anos, no hospital militar.

O coronel de artilharia elaborou o plano de operações militares do 25 de Abril de 1974.

Otelo Nuno Romão Saraiva de Carvalho nasceu em Lourenço Marques, hoje Maputo, capital de Moçambique, no dia 31 de agosto de 1936.

Otelo Saraiva de Carvalho foi mobilizado para Angola, em 1961, como capitão de artilharia, ali permanecendo em comissão de serviço até 1963.

Foi estratega do setor operacional da comissão coordenadora do MFA, condição em que dirigiu as operações do 25 de Abril, a partir do posto de comando clandestino instalado no quartel da Pontinha.

VEJA TAMBÉM: