País

Algarve e Alentejo com chuvas intensas, trovoada e vento forte 

Cerca de 50 ocorrências registadas nos distritos de Évora, Beja e Faro.  

O sul do país foi a região mais afetada pelo mau tempo, esta manhã, com registo de chuvas intensas, trovoada e vento forte.

Além de ruas alagadas e alguns deslizamentos de terras, há registo de várias árvores caídas nos concelhos do Sotavento algarvio, como Faro, Olhão e Tavira.

A Proteção civil recebeu quase 30 pedidos de ajuda na região, mas nenhum com gravidade.

O mesmo aconteceu no Alentejo, que registou 20 inundações em vias públicas e algumas habitações, em vários concelhos raianos, desde Vila Viçosa até Serpa.

CHUVA FORTE DEIXA TODOS OS DISTRITOS DO CONTINENTE SOB AVISO AMARELO

Todos os distritos de Portugal continental estão esta terça e quarta-feira sob aviso amarelo, devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, de granizo, acompanhados de rajadas de vento forte e trovoadas, segundo o IPMA.

O aviso amarelo para os 18 distritos do continente vai estar em vigor até às 12:00 de quarta-feira.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o aviso amarelo é emitido sempre que há risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê "muita instabilidade" até quinta-feira, com "precipitações localmente fortes", particularmente em Leiria, Lisboa e Setúbal.

De acordo com o IPMA, "são expectáveis precipitações localmente fortes, com impactos significativos, em particular em meios urbanos, onde há risco de cheias rápidas, e na circulação rodoviária".

LEIA TAMBÉM:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia