País

Ordem dos Advogados muda regras de acesso à profissão

Canva

Mestrado vai passar a ser obrigatório para os licenciados em Direto que pretendam ter acesso à profissão de advogado.

A Ordem dos Advogados mudou as regras de acesso à profissão. Foi aprovada a proposta que prevê que só passem a ser admitidos na Ordem quem tenha grau de mestre ou doutor ou respetivo "equivalente legal".

Em comunicado, a Ordem dos Advogados adianta que a alteração foi aprovada pelos advogados, numa Assembleia Geral, esta sexta-feira, na sede da instituição, em Lisboa. Diz ainda que concretiza uma das promessas eleitorais do atual bastonário, Luís Menezes Leitão.

Para o responsável, as novas regras reforçam "o prestígio e qualidade da advocacia, com claros benefícios também para os cidadãos e empresas que recorrem frequentemente a estes profissionais", diz a nota.

As alterações serão propostas pelo Conselho Geral, liderado por Luís Menezes Leitão, à Assembleia da República para alteração legislativa ao Estatuto da Ordem dos Advogados (EOA).