País

Incêndio no Seixal: 5 bombeiros feridos sem gravidade

Vítor Caldas

Vítor Caldas

Repórter de Imagem

Fogo levou ao corte da Estrada Nacional 10 durante várias horas.

Cinco bombeiros ficaram feridos sem gravidade no combate ao incêndio, esta quinta-feira, junto à nacional 10, num parque de resíduos no Seixal.

O alerta foi por volta das 19:40 e o fogo foi dominado ao fim de duas horas. O cansaço e a inalação de fumo foram os motivos apontados pelo 2º comandante dos Bombeiros do Seixal para a assistência a quatro operacionais no hospital. O quinto ferido foi assistido no local devido a uma entorse.

As imagens nas redes sociais, filmadas durante os primeiros momentos do incêndio, mostram o cenário com que os bombeiros se depararam à chegada ao local.

"Já estava com uma intensidade bastante grande e o que procurámos foi dar segurança às estruturas adjacentes", descreveu o 2º comandante dos Bombeiros do Seixal, referindo-se a uma bomba de gasolina e a uma empresa de pneus.

No terreno onde começou o fogo havia plásticos, madeiras e outros detritos. A reportagem da SIC falou com moradores que dizem ser uma zona habitual de acumulação de lixo, apesar das intervenções da Câmara Municipal.

Além do tipo de materiais e do fumo denso, também o vento forte preocupou as autoridades pelo risco de projeções e levou ao fecho da Estrada Nacional.

A zona é industrial, tem apenas algumas habitações que não chegaram a ser evacuadas, mas o fogo levou alguns familiares de moradores a deslocarem-se ao local.

Numa fase inicial, o incêndio alastrou a um pequeno pavilhão abandonado, mas a chegada de reforços impediu a progressão.

No combate estiveram 89 operacionais apoiados 33 veículos, incluindo uma máquina da Proteção Civil para a remoção dos detritos.