País

Parlamento elege quatro novos juízes para Tribunal Constitucional

Maioria de dois terços dos votantes foi obtida.

A Assembleia da República elegeu, esta sexta-feira, quatro novos juízes para o Tribunal Constitucional, conseguindo a necessária maioria de dois terços dos votantes.

Foram eleitos, em lista única, os professores Afonso Patrão (proposto pelo PSD), José Figueiredo Dias (pelo PSD, que já tinha ido a votos e sido "chumbado" há alguns meses), o juiz desembargador António José da Ascensão Ramos (PS) e a juíza Conselheira Maria Benedita Malaquias Pires Urbano (PSD).

Em eleição secreta em urna, dos 208 deputados votantes, 145 votaram sim, 54 em branco e houve 9 votos nulos.

O candidato proposto pelo PS, António José da Ascensão Ramos, é juiz presidente do Tribunal Judicial da Comarca de Leiria.

O PSD indicou o professor de Direito e atual presidente da Entidade das Contas e Financiamentos Públicos José Figueiredo Dias, a juíza conselheira no Supremo Tribunal Administrativo Maria Benedita Urbano e o professor de Direito na Faculdade de Coimbra Afonso Patrão.

Estes quatro nomes irão substituir o anterior presidente do Tribunal Constitucional, Manuel da Costa Andrade, que tinha terminado em fevereiro o seu mandato, e outros três juízes que terminaram o mandato de nove anos em 12 de julho: Fernando Vaz Ventura, Maria de Fátima Mata-Mouros e Maria José Rangel Mesquita.

Veja também: