País

Governo pretende construir túnel do Zêzere ao Tejo para compensar caudais

Para os ambientalistas, a solução estará na renegociação dos caudais ecológicos com Espanha.

O Governo está a estudar uma solução para aumentar o caudal do rio Tejo, na zona crítica de Mação. A ideia seria construir uma conduta entre as barragens com 50 quilómetros, mas os ambientalistas e agricultores levantam muitas questões sobre este projeto.

A partir da Barragem do Cabril, a montante de Castelo de Bode no rio Zêzere, que o Governo quer mitigar os problemas de caudal do Tejo. A ideia passar por construir um túnel que ligue este local à Barragem de Belver, junto à Ortiga, em Mação.

O ministro do Ambiente, Matos Fernandes, revelou esta intenção numa entrevista à TSF, mas este projeto está longe de navegar em águas calmas.

Para os ambientalistas é na própria água do Tejo que está a solução e na renegociação dos caudais ecológicos com Espanha.

Se a ideia avançar, o Governo irá dispôr da "bazuca europeia" para investir 100 milhões de euros.

O Movimento Projeto vai apresentar queixa na Comissão Europeia pela gestão ibérica da Bacia Hidrográfica do Tejo.

A compensação artificial do caudal está longe da concretização, mas o PSD já manifestou a intenção de ouvir o ministro do Ambiente no Parlamento sobre esta questão.

VEJA TAMBÉM: