País

Portugal volta a falhar metas de reciclagem da UE

Três em cada quatro equipamentos elétricos usados são desviados para o mercado paralelo.

Portugal volta a falhar a meta da União Europeia de reaproveitar 65% dos resíduos elétricos e eletrónicos. A maioria dos equipamentos considerados perigosos para a saúde pública e para o ambiente são desviados para circuitos ilegais. Apenas 25% dos resíduos seguem para tratamento.

Três em cada quatro equipamentos elétricos usados colocados na via pública para recolha dos serviços minicipais são desviados para o mercado paralelo sem chegar às unidades de tratamento

A secretária de Estado do Ambiente, Inês dos Santos Costa, justifica que a falha se deve à quantidade de produtos disponíveis no mercado.

Com o objetivo de controlar o destino de equipamentos eletrónicos vão ser colocados pelas entidades gestoras destes resíduos, GPS´s em cerca de 50 aparelhos.

VEJA TAMBÉM: