País

Agressões em Albufeira: mais seis seguranças privados suspensos de funções

Loading...

Duas empresas de segurança foram suspensas parcialmente de atividade.

Mais seis seguranças privados foram suspensos de funções na sequência das agressões que ocorreram no mês passado, na discoteca Clube Vida, em Albufeira.

A 3 de outubro, o agressor espancou André Barbosa até este ficar inconsciente, no interior da discoteca algarvia.

As imagens foram captadas pelas câmaras de vigilância e rapidamente chegaram às redes sociais. A PSP abriu dois inquéritos, um criminal e outro administrativo. O agressor, segurança, ficou suspenso de funções.

Os seguranças que assistiram às agressões nada fizeram e, por esse motivo, ficaram suspensos de funções.

Às duas empresas para as quais trabalhavam estes seguranças, foi aplicada uma suspensão parcial da atividade. As empresas ficam proibidas de exercer na discoteca onde ocorreram as agressões.

As decisões deverão manter-se até à conclusão do inquérito criminal que foi aberto pelo Ministério Público.

VEJA TAMBÉM:

Últimas Notícias
Mais Vistos