País

MNE português confirma morte do estudante desaparecido na República Checa

MNE português confirma morte do estudante desaparecido na República Checa
DR

Embaixador de Portugal na República Checa já se encontrou com os familiares do jovem.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) português confirmou esta terça-feira à agência Lusa que o corpo encontrado segunda-feira junto à sua residência, na República Checa, era do estudante português que estava desaparecido desde a madrugada de sábado.

Segundo alguns colegas e amigos, o jovem esteve alegadamente desaparecido desde a madrugada de sábado, após a ida a uma discoteca e de ter sido visto a entrar no apartamento, por volta das 05:00.

Os amigos contactaram as autoridades locais no domingo a dar conta do desaparecimento, após se aperceberem que este não era visto desde que entrara no apartamento, na madrugada de sábado.

Segundo o MNE português, "as autoridades policiais da República Checa confirmaram à embaixada de Portugal em Praga a identidade do corpo encontrado ontem [segunda-feira] junto ao local de residência do cidadão nacional desaparecido durante o fim de semana".

A mesma fonte adiantou que o embaixador de Portugal naquele país já se encontrou com os familiares do jovem. Estão em Pilsen elementos da embaixada e da secção consular, a fim de prestarem o apoio necessário às autoridades checas e à família do cidadão nacional que morreu, adianta o ministério.

Segundo a imprensa local, que cita testemunhas, o estudante português foi encontrado morto numa claraboia no prédio onde habitava, na cidade Plzen.

De acordo com o jornal checo Krimi Plzen, o corpo encontrado é o do estudante português de medicina, de 19 anos. O jovem morava num apartamento no último andar do prédio.

Veja também:

Últimas Notícias
Mais Vistos