País

Mãe de criança morta em Grândola reportou ameaças à GNR antes do rapto

Loading...

Mãe da criança formalizou a queixa de que o pai tinha falhado a data de entrega do filho.

A mãe de criança encontrada morta em Grândola recebeu ameaças do ex-marido antes do desaparecimento e reportou-as à GNR no dia em que apresentou queixa.

No dia em que, na GNR de Grândola, a mãe da criança formalizou a queixa de que o pai tinha falhado a data de entrega do filho.

Phoebe Arnold informou também as autoridades que tinha recebido várias mensagens com ameaças do ex-marido.

O casal estava separado desde julho, contudo, o poder paternal ainda não estava regulado, logo, o caso não poderia ser, à partida, considerado rapto ou sequestro.

À SIC, fonte da GNR garante que, durante toda a semana, tentou localizar Clemens Weisshaar, de 44 anos, e o filho de 3 anos, Tasso.

Apenas na sexta-feira, quatro dias depois, o Procurador decidiu passar o caso para as mãos da Polícia Judiciária, depois de ouvir a mãe e de uma avaliação de risco.

Veja também:

Últimas Notícias
Mais Vistos