País

Obra do metro de Lisboa segue a ritmo superior ao esperado e não dá para voltar atrás

Exclusivo SIC

Quem o diz é o Presidente do Metropolitano de Lisboa, Vítor Domingues dos Santos. A SIC desceu aos túneis em construção.

Após a recente polémica em torno da construção da linha circular do metro de Lisboa, o presidente da empresa pública diz que já não há tempo de parar a obra.

A obra tem causado polémica entre Governo, PCP e o novo executivo da Câmara Municipal. O ministro do Ambiente considera que isso teria um enorme impacto financeiro mas não só. Matos Fernandes diz que a imagem de Portugal perante Bruxelas ficaria manchada depois do país ter recebido fundos para financiar a construção deste novo troço da linha verde.

Os primeiros túneis já estão a ser construídos entre o Rato e a Estrela e, neste momento, cerca de 100 metros já foram escavados entre as duas estações.

A obra avança a um ritmo de dois metros e meio por dia, para cada lado, e não será uma obra para parar, diz o Presidente do Metropolitano de Lisboa.

Em entrevista à SIC, Vítor Domingues dos Santos diz que os portugueses estão cansados de obras penduradas e que os estudos demonstraram que a linha circular é a que melhor serve a cidade de Lisboa.

SAIBA MAIS

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias