País

Enfermeiros dos hospitais do Porto realizaram 500 mil horas extra desde início do ano

Loading...

Os hospitais afetados pela falta de enfermeiros são o Tâmega e Sousa, Matosinhos, São João, Santo António, IPO do Porto, Magalhães Lemos e Vila Nova de Gaia.

Ha sete hospitais no Porto que se queixam da falta de 274 enfermeiros. Consequência disso é o aumento de horas extraordinárias. O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses dão conta de mais de 500.000 horas extra realizadas por estes profissionais desde o início do ano.

Desde o mês de agosto, que o Sindicato tem avisado para a falta de profissionais no Serviço Nacional de Saúde.

A falta de enfermeiros é visível nos hospitais de Tâmega e Sousa, Matosinhos, São João, Santo António, IPO do Porto, Magalhães Lemos e Vila Nova de Gaia.

Segundo os dados fornecidos pela Administração Central do Sistema de Saúde, entre janeiro e setembro, os enfermeiros realizaram mais de 5 milhões de horas extra. Este facto custou ao Estado 8 milhões de euros.

Em maio, o Ministério das Finanças autorizou a contratação de quase 2.500 profissionais de saúde, entre eles, 630 enfermeiros. O Sindicato avisa que o número de contratações não foi suficientee reclama dos contratos precários.

Com o aumento do ritmo de vacinação vão faltar mais enfermeiros no Serviço Nacional de Saúde, garante Fátima Monteiro.

SAIBA MAIS

Últimas Notícias
Mais Vistos