País

Pulseira anti-picadas de mosquitos desenvolvida por empresa de Braga

Loading...
Equipamento leva os mosquitos a julgarem que os humanos são plantas.

Uma startup de Braga desenvolveu uma pulseira que “engana” os mosquitos e previne picadas associadas à malária, dengue ou zika. O equipamento foi testado no Brasil, com uma taxa de sucesso de 98%.

Uma ex-aluna da Universidade do Minho (UMinho) criou uma pulseira odorífera "que leva os mosquitos a julgar que os humanos são plantas".

A pulseira é feita de silicone medicinal e, no interior, de cera com compostos e derivados de plantas, que, perante o calor corporal, liberta de forma controlada um odor que "confunde" os insetos.

Últimas Notícias
Mais Vistos