País

Pedidos de escusa dos enfermeiros "são alerta para precárias condições de trabalho"

Loading...
Estarão a pedir escusa de responsabilidade a cada turno em que enfrentam a falta de condições.

Nos últimos dez meses, os enfermeiros fizeram mais de 6.500 pedidos de escusa de responsabilidade. A maioria pertence aos hospitais de Leiria e das Caldas da Rainha.

Os dados são da Ordem dos Enfermeiros que justifica o número de pedidos com a falta de profissionais para desempenhar todas as tarefas nas unidades públicas de saúde. Só no hospital de Leiria foram feitos mais de 3.400 pedidos de escusa de responsabilidade, seguido das unidades do Centro Hospitalar do Oeste e do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

À SIC, Guadalupe Simões, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), explicou que há "um número vasto de enfermeiros que tem vindo a pedir escusa de responsabilidade", mas que os números dizem, provavelmente, respeito ao número de pedidos e não ao número de enfermeiros que fez o pedido.

Os enfermeiros estarão a pedir a escusa de responsabilidade a cada turno em que "são confrontados com a falta de condições para poderem prestar os cuidados de excelência que gostariam de prestar", disse Guadalupe Simões.

É uma tentativa de chamada de atenção por parte dos enfermeiros para as precárias condições de trabalho que têm.

Guadalupe Simões ressalvou, no entanto, que os enfermeiros continuam a prestar os cuidados com a "qualidade e segurança possíveis" face às condições de trabalho existentes e que "as pessoas estarão em segurança".

Últimas Notícias
Mais Vistos