País

Os encontros e desencontros de Marcelo e Montenegro

Loading...
Presidente da República e PSD divergem, por exemplo, sobre despacho da Endesa. 

O Presidente da República vai participar na Universidade de verão do PSD, na próxima semana. Marcelo Rebelo de Sousa e Luís Montenegro cruzaram-se este fim de semana, em Viana do Castelo, onde o Chefe de Estado registou que o novo líder do PSD não é alérgico a estar perto do Presidente.

A Senhora da Agonia foi a padroeira de um encontro que, segundo os protagonistas, só aconteceu por acaso.

Com Rui Rio e Passos Coelho nunca calhou haver destas coincidências, que o Presidente da República até aprecia.

Luís Montenegro já mostrou que não é alérgico e o Presidente da República já fez questão de sublinhar publicamente que o novo líder do PSD é o primeiro a dar sinais de querer corrigir o erro dos antecessores.

Mas se as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa abrem a porta a um novo ciclo de maior proximidade, as ações de Marcelo Rebelo de Sousa mostram que o Presidente não tenciona carregar o andor da oposição.

Em menos de dois meses de liderança de Montenegro, já há registo de vários desencontros com um Presidente, que muitas vezes, respalda o Governo e esvazia o discurso da oposição. Aconteceu com o despacho do Primeiro-ministro sobre a Endesa, voltou a acontecer a propósito dos incêndios, com o Presidente a poupar o Governo e a apontar atenuantes e o líder do PSD a pedir responsabilidades.

Marcelo Rebelo de Sousa vai dando uma no cravo, outra na ferradura. Na próxima semana vai participar na Universidade de verão do PSD para dar uma força a Montenegro, depois de vários episódios em que não podiam soar mais desafinados.

Últimas Notícias
Mais Vistos