País

População contra mini hídrica em Sever do Vouga

Loading...
Freguesia de Couto de Esteves quer travar projeto de exploração hidroelétrica no rio Lordelo.

A freguesia de Couto de Esteves, em Sever do Vouga, contesta a construção de uma exploração hídrica no rio. O projeto tem mais de 10 anos e agora vai mesmo avançar. Os habitantes da localidade dizem que vai prejudicar a agricultura e a exploração turística do rio porque vai reduzir muito o caudal.

Está prevista a construção de uma mini hídrica, uma pequena barragem a travar as águas do rio Lordelo, em Couto de Esteves, Sever do Vouga.

O projeto tem tantos anos quantos o protesto da população. Em 2012, já Couto de Esteves estava contra a criação da hidroelétrica de Lourizela.

O projeto esteve parado 10 anos, sofreu alterações, mas agora a freguesia sabe que a obra vai mesmo avançar.

A população teme o impacto ambiental e económico da obra, nomeadamente na rega de terrenos agrícolas, ainda abastecidos pelas levadas deste rio. Juntaram assinaturas numa petição online, que pede o cancelamento do aproveitamento hidroelétrico de Lourizela, e já levaram os argumentos à CCDR Centro. Sabem que será difícil travar o projeto, mas mantêm a esperança de que não avance.

A SIC tentou contactar a empresa responsável pelo empreendimento, mas não foi possível até ao fecho da reportagem.

Últimas Notícias
Mais Vistos