País

Enfermeiros do Médio Tejo em greve para exigirem contagem do tempo de serviço

Loading...
Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo diz-se disponível para negociar.

Os enfermeiros do Médio Tejo estão em greve esta terça-feira para exigirem a contagem do tempo de serviço. O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses contesta ainda o aumento do trabalho extraordinário e o não cumprimento dos horários.

Os enfermeiros dos hospitais de Torres Novas, Abrantes e Tomar, que integram o Centro Hospitalar do Médio Tejo, estão em greve das 8:00 até à 00:00.
Pedem mais uma vez que lhes seja retificado o tempo de serviço que não foi contado, desde o descongelamento da administração pública e que compromete a progressão na carreira.

Desde 2018 que mantém as exigências quanto a uma situação que dizem afetar 80% dos cerca de 700 enfermeiros. Os enfermeiros queixam-se também de problemas transversais a outros hospitais.

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo diz-se disponível para negociar. Ao pedido de reunião feito em julho respondeu com uma marcação para 16 de setembro.

Últimas Notícias
Mais Vistos