País

Proximidade ao mar e solos arenosos dão acidez e salinidade aos vinhos da Costa Vicentina

Loading...
Qualidade da uva aumento este ano.

As vindimas na Costa Vicentina já vão a meio. Apesar da quantidade de uva não ter aumentado devido à seca, os produtores garantem que a qualidade é superior à do ano passado.

É com a brisa do mar que se colhe a casta Alvarinho, em S. Teotónio, Odemira. A vindima já vai a meio e, por isso, já se sabe que a quantidade de uva não aumentou este ano.

A quantidade é a mesma, mas a qualidade aumentou nestas vinhas a três quilómetros do mar.

São os solos arenosos e a proximidade ao mar que conferem caraterísticas bem diferentes dos vinhos do interior do Alentejo.

As vindimas vão continuar nestes solos arenosos da Costa Vicentina. A partir de agora serão as uvas tintas a serem colhidas.

Últimas Notícias
Mais Vistos